Projeto
Cultura Maker
Projeto
Design Thinking para Startups

Pré-desenvolvimento e o Sistema de Inovação

Pré-desenvolvimento com o apoio do Sistema Brasileiro de Inovação

2016 | MBA

Pré-desenvolvimento de Produtos e Serviços com o apoio do Sistema Brasileiro de Inovação foi o titulo do trabalho de conclusão de curso do MBA em Engenharia e Inovação. O trabalho trata da etapa de pré-desenvolvimento onde são realizadas as atividades que vão da identificação de oportunidades à geração de conceitos de produtos, e que corresponde ao período entre a geração de uma ideia inicial para um novo produto e a decisão da empresa de investir em seu desenvolvimento. O projeto resultou em um relatório no formato one page para as startups que participaram da pesquisa, oferecendo uma análise sobre as práticas de pré-desenvolvimento e o acesso ao sistema de inovação.

O desenvolvimento de novos produtos e serviços deixou de ser um processo técnico e tornou-se um processo de gestão, e deve estar vinculado com o planejamento de negócios da empresa. Um modelo de PDP (Processo de Desenvolvimento de Produtos) pretende assegurar a repetibilidade dos projetos, além de constituir-se em um repositório de melhores práticas. A literatura especializada faz referência a pelo menos dez modelos de processos para essa finalidade, incluindo modelos como o Stage-gate® de Cooper.

Neste trabalho, pressupõe-se que a inovação é um processo social e sistêmico, com a participação cada vez maior de um grande número de atores. Por isso, foi utilizado como referência o Mapa do Sistema Brasileiro de Inovação, desenvolvido pela a Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI), e que apresenta um modelo de composição sistêmico. Esse modelo de sistema é baseado no conceito de tripla hélice – empresas, governo e ICTs – e permite que as organizações inovem de forma aberta com maior agilidade, menor custo e incertezas.

As empresas entrevistadas atuam em ramos de atividade com alta-moderada intensidade de desafios tecnológicos, com foco principal em inovações de modelo de negócio, soluções e pesquisa e desenvolvimento. A maioria possui mais de 50% dos colaboradores alocados em áreas de desenvolvimento, e nos últimos dois anos tem desenvolvido mais produtos do que o disponível em seu portfólio de produtos.

A pesquisa survey foi dividida em três partes. A primeira, trata do perfil da empresa e seus resultados relativos ao desenvolvimento de produtos. A segunda, trata da prática do pré-desenvolvimento na empresa, quais as técnicas e ferramentas utilizadas. E a terceira, trata da interação das startups com stakeholders do sistema de inovação brasileiro na etapa de pré-desenvolvimento, ou oportunização de novos negócios.

A pesquisa foi aplicada em seis empresas nascentes inseridas em um ecossistema de empreendedorismo e inovação. Os respondentes foram os diretores da empresa, e as respostas refletem a percepção dos mesmos sobre os seus negócios. Abaixo o modelo de relatório one page que traduz a média da pesquisa e vídeo de orientações para a análise. Naturalmente, cada empresa entrevistada recebeu seu resultado de forma comparada com a média da pesquisa.

[URIS id=2727]

Modelo de relatório one page com média da pesquisa.

 

Instruções para análise do relatório one page.




TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © raphaelcardoso.com
Para uma melhor
visualização rotacione
seu dispositivo.